Números da nossa terrinha: 25 – Sinistralidade rodoviária grave em 2011

I
932Pelo menos 932 pessoas morreram em consequência de desastres de viação ocorridos em Portugal em 2011, sendo certo que o número real é seguramente superior a esse*. Esqueça, portanto, a informação difundida na comunicação social no início deste ano, de que o número de vítimas mortais nas estradas portuguesas teria sido de 690: o verdadeiro número foi pelo menos* 35% superior.
I
*Notas:
1) Esse número não inclui as pessoas que morreram mais de 30 dias depois do desastre.
2) No caso das regiões dos Açores e da Madeira, o número só inclui as vítimas falecidas no local do acidente ou a caminho do hospital, excluindo, portanto, todas as que faleceram depois de chegarem ao hospital.
3) No caso da Região Autónoma da Madeira, os dados não incluem os dias 30 e 31 de Dezembro de 2011.
I
3,6% - Esse número de vítimas mortais equivale a uma redução de 3,6% relativamente a 2010 (menos 35 mortos). Esqueça, portanto, a informação divulgada na comunicação social no início do ano, de que o número de vítimas mortais nas estradas portuguesas teria diminuído "7%" em 2011. Mesmo no território do Continente, a redução do número de vítimas foi inferior a essa (4,9%). Um resultado muito modesto, que nos continua a afastar da média europeia.
I
I
3381 – Pelo menos 3381 pessoas morreram ou ficaram gravemente feridas em consequência de desastres de viação ocorridos em Portugal em 2011. Também aqui o número real é seguramente superior a esse: no caso das regiões dos Açores e da Madeira, não estão contabilizadas as vítimas a 30 dias, e no caso da Região Autónoma da Madeira só estão incluídos os feridos graves contabilizados até 15 de Novembro (desconhecem-se os dados de 16 de Novembro a 31 de Dezembro) e as vítimas mortais contabilizadas até 29 de Dezembro.
I
6,6% - Redução do número de vítimas graves (mortos e feridos graves) relativamente a 2010 (com a referida ressalva no que diz respeito ao Arquipélago da Madeira: a redução é seguramente menor).
I
65 Em média, por cada semana de 2011, 65 pessoas morreram ou ficaram gravemente feridas em Portugal em consequência de desastres de viação (9 por dia).
I
2,7 – O índice de gravidade dos desastres de viação aumentou de 2,6 para 2,7 em 2011, no que diz respeito aos desastres com vítimas ocorridos no Continente (não há informação no tocante às regiões autónomas).
I
Fontes:
- Relatório de sinistralidade de 2011 (só inclui informação relativa ao Continente)
- Dados de sinistralidade de 2011 da Região Autónoma dos Açores
- Imprensa madeirense. O Governo Regional da Madeira não disponibiliza dados oficiais relativamente à sinistralidade rodoviária de 2011 no arquipélago.
I

1 comentário:

PG disse...

Mais uma vez vos felicito pelo excelente levantamento e mais uma vez lamento, embora compreendendo, o facto de nos irem "deixar" em breve.